Inovação para a Agricultura

FacebookTwitterGoogle BookmarksRSS Feed
PT EN
  • S14
  • S12
  • S7
  • S8
  • S5
  • S13
  • S6
  • Inovação na Agricultura
  • S2
  • S3
  • S11

Produção de Coelhos Biológicos

Entidade líder do projeto: AGROBIO - ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE AGRICULTURA BIOLÓGICA
Responsável pelo projeto: Jaime Ferreira (formacao@agrobio.pt)
Área do plano de ação: Cunicultura
Parceiros:

ANTÓNIO DE SAMPAIO PAIVA MARQUES DA CRUZ , UNIPESSOAL, LDA; BIOPROTEC - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS DE AGRICULTURA BIOLÓGICA; BRIO - PRODUTOS DE AGRICULTURA BIOLÓGICA, S.A.; INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA; LUÍS MANUEL GONÇALVES DE SOUSA; QUINTA DO MONTALTO II AGROINDÚSTRIA, LDA.; QUINTA DO MONTALTO, LDA;


Prioridade do FEADER: P2A) melhoria do desempenho económico de todas as explorações agrícolas e facilitação da restruturação e modernização das explorações agrícolas, tendo em vista nomeadamente aumentar a participação no mercado e a orientação para esse mesmo mercado, assim como a diversificação agrícola;
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

Em Portugal existe um consumo elevado de carne de coelho. No entanto, não é possível produzir coelhos Biológicos dado que não existe a divulgação do conhecimento técnico nem a produção está regulamentada em Portugal. Assim, apesar de prevista na legislação da União, os Organismos de controlo de Certificação não podem fazer esse controlo o que também impede a certificação biológica destes animais. Com esta situação está-se a perder um grande mercado que está a ser aproveitado apenas pelos cunicultores convencionais. A oportunidade que aqui surge é a de os cunicultores portugueses poderem produzir coelhos biológicos e vender, no mercado nacional, com alguma facilidade de penetração dada as dúvidas que tradicionalmente são colocadas sobre os coelhos convencionais. Não existindo legislação em Portugal, nem conhecimentos para que se possa produzir coelhos biológicos, surge a oportunidade de experimentar a prática de produção de coelhos de acordo com as regras da Agricultura Biológica, sendo necessário para isso criar e aprovar, com a colaboração do Ministério da Agricultura, a Legislação específica e que regulamentará a cunicultura biológica em Portugal.  


Objetivos visados:

O objetivo geral é criar um produto novo em Portugal: coelho biológico de produção nacional. Para isso temos objetivos específicos:

- Experimentar as dificuldades que possam surgir e adaptar este novo modo de produção às especificidades existentes em Portugal;

- Testar as dificuldades que possam surgir aos Organismos de Controlo e Certificação no desenvolvimento da sua ação.


Sumário do plano de ação:

Em Portugal existe um consumo elevado de carne de coelho mas, no entanto, não é possível produzir coelhos Biológicos dado que não existe a divulgação do conhecimento técnico nem a produção está regulamentada em Portugal. Não existindo legislação em Portugal, nem conhecimentos para que se possa produzir coelhos biológicos, surge a oportunidade de experimentar a prática de produção de coelhos de acordo com as regras da Agricultura Biológica, sendo necessário para isso criar e aprovar, com a colaboração do Ministério da Agricultura, a Legislação específica e que regulamentará a cunicultura biológica em Portugal.


Pontos de situação / Resultados:

Em início de atividade.