Inovação para a Agricultura

FacebookTwitterGoogle BookmarksRSS Feed
PT EN
  • S5
  • S6
  • S7
  • S13
  • S12
  • Inovação na Agricultura
  • S8
  • S3
  • S2
  • S14
  • S11

Projetos Rede Rural Nacional

Pesquisar projectos

Bio-região do Tâmega e Sousa

Entidade líder do projeto: Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa
Responsável pelo projeto: Telmo Manuel Medeiros Pinto
Parceiros:

UTAD - Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro; EPAMAC - Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Marco de Canaveses; INIAV - Instituto Nacional de Investigação Agráriae Veterinária IP; ADER-SOUSA - Associação de Desenvolvimento Rural das Terras Do Sousa;  DOLMEN - Desenvolvimento Local e Regional, CRL.

Breve descrição:

Tem como objetivo geral criar as condições contextuais e operativas para a adesão do Tâmega e Sousa à Rede Internacional das Bio-regiões, de forma a mobilizar a comunidade na concretização de um círculo virtuoso destinado ao desenvolvimento de sistemas de alimentação sustentável, saudável e diversificada.

Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

Criar uma estratégia agregadora que respeite a heterogeneidade do território, para motivar toda a comunidade no desígnio de desenvolver de forma integrada e sustentável o território, contribuindo assim para o desenvolvimento dos territórios rurais através de uma maior valorização das suas produções, assim como proporcionará aos habitantes das zonas mais urbanas o acesso a um conjunto diversificado de produtos biológicos produzidos localmente.

Objetivos visados:
  • Promover a adesão do Tâmega e Sousa à Rede Internacional das Bio-regiões;
  • Estimular o consumo de produtos biológicos na comunidade do Tâmega e Sousa;
  • Transferir boas práticas e novos conhecimentos que contribuam para a qualificação e desenvolvimento dos territórios rurais;
  • Fomentar a adesão de produtores convencionais ao Modo de Produção Biológico;
  • Preservar e valorizar a biodiversidade e os recursos culturais, naturais e paisagísticos;
  • Fomentar o trabalho em parceria entre as entidades do domínio do desenvolvimento rural do Tâmega e Sousa.
Sumário do plano de ação:
  • Desenvolvimento do referencial estratégico da “Bio-região do Tâmega e Sousa”, incluindo regulamento e contrato de parceria;
  • Organização de 3 focus group com agentes relacionados com o desenvolvimento do território (municípios, entidades da administração pública, associações desenvolvimento do território, agricultores, comunidade, etc.) no âmbito da construção do referencial estratégico da “Bio-região do Tâmega e Sousa”;
  • Adesão da “Bio-região do Tâmega e Sousa” à Rede Internacional das Bio-regiões;
  • Campanha de marketing digital (redes sociais) para sensibilizar e mobilizar a comunidade para o conceito e referencial estratégico da Bio-região e também para a sensibilização da comunidade "produzir e consumir no Tâmega e Sousa";
  • Organização de 11 sessões públicas (uma por município) para divulgação do referencial estratégico da “Bio-região do Tâmega e Sousa”;
  • Realização de 4 visitas de estudo a locais de referência na produção em MPB em Portugal e Espanha, para fomentar a adesão ao modelo de produção biológico e agro-ecológico a produtores do Tâmega e Sousa;
  • Organização de 11 workshops (um por município) dinamizados por especialistas e direcionados a capacitar os produtores convencionais que se pretendem converter em MPB;
  • Elaboração do regulamento e do contrato de adesão dos produtores ao cabaz biológico, que contará também com 11 sessões de sensibilização para motivar os produtores a aderirem à iniciativa;
  • Realização de 6 reuniões de coordenação da parceria.
Pontos de situação / Resultados:

Elaboração do Referencial Estratégico da “Bio-Região do Tâmega e Sousa”:

i) Enquadramento Estratégico face às políticas europeias e nacionais de alimentação e desenvolvimento;

ii) Estratégia de Desenvolvimento/implementação da Bio-Região do Tâmega e Sousa;

iii) Ambições e posicionamento do Tâmega e Sousa face às estratégias europeias e à Rede Internacional das Bio Regiões;

iv) Definição dos agentes do território a envolver;

v) Plano de Ação.