Inovação para a Agricultura

FacebookTwitterGoogle BookmarksRSS Feed
PT EN
  • S12
  • S2
  • S7
  • S5
  • S14
  • S11
  • S6
  • S10
  • S13
  • S8
  • S3

Projetos Alterações Climáticas - RIAAC-AGRI (PDR2020 - Assistência técnica RRN - Área 4)

Pesquisar projectos

Área plano de acção

Fonte de financiamento

Estratégias de rega deficitária em vinha - indicadores de carência hídrica e qualidade

Entidade líder do projeto: Instituto Superior de Agronomia
Responsável pelo projeto: Maria Isabel Freire Ribeiro Ferreira
Parceiros:

Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro; Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P.

Data de início do projeto: 01-01-2007
Data de fim do projeto: 31-12-2011

Fonte de financiamento : FCT
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

Para a maioria das regiões vitícolas portuguesas, a disponibilidade de água no solo é uma das principais limitações na gestão de vinhas, com consequências negativas para a qualidade do vinho e o rendimento dos agricultores. Assim, a melhoria da qualidade do vinho pela rega é o fator chave para o reforço da competitividade deste setor. Com este propósito, é crucial estabelecer relações entre estratégias de rega (regimes de rega deficitária e programação da rega) e qualidade da uva. Portanto, o presente projeto será conduzido para melhorar a compreensão das respostas das videiras ao uso da água em três regiões (Douro, Alentejo do Sul e Península de Setúbal), que foram selecionadas por sua representatividade e condições climáticas extremas.

Descritores: Regadio; Vinha; Rega Deficitária; Programação da Rega;


Objetivos visados:

Os principais objetivos são:

(1) quantificar a evapotranspiração (ET) e as necessidades hídricas da cultura ao longo do ciclo vegetativo, utilizando técnicas de covariância de vórtices e fluxo de seiva;

(2) avaliar indicadores de stress hídrico para programação da rega, identificando limiares de água principalmente para aqueles que podem ser automatizados (por exemplo, transpiração relativa, variações no diâmetro do tronco);

(3) avaliar as respostas do crescimento da cultura, rendimento e qualidade para diferentes estratégias de aplicação de água e culturas de cobertura.



Pontos de situação / Resultados:

_