Inovação para a Agricultura

FacebookTwitterGoogle BookmarksRSS Feed
PT EN
  • S11
  • S12
  • S3
  • S5
  • S7
  • S6
  • S13
  • Inovação na Agricultura
  • S14
  • S2
  • S8

Projetos Alterações Climáticas - RIAAC-AGRI (PDR2020 - Assistência técnica RRN - Área 4)

Pesquisar projectos

Área plano de acção

Fonte de financiamento

DIVERSify - Projetar equipas de plantas inovadoras para melhorar a resiliência de ecossistemas e sustentabilidade agrícola

Entidade líder do projeto: The James Hutton Institute
Responsável pelo projeto: Alison Karley e Adrian Newton
Site do projeto: https://www.plant-teams.eu/
Parceiros:

Progressive Farming Trust LTD LBG;  Linking Environment and Farming LBG, Universitat Zurich; Sveriges Lantbruksuniversitet; Agencia Estatal Consejo Superior De investigaciones Cientificas; Kobenhavns Universitet; Universita Politecnica Delle Marche; Universidade Nova de Lisboa; Instituto De Tecnologia Quimica E Biologica - Universidade Nova de Lisboa; Taskscape Associates Limited; Saatzucht Gleisdorf Gmbh; Stc Research Foundation; Agroknow Ike; Ass Groupe Ecole Superieure Agriculture; Landbrug & Fodevarer F.M.B.A.; Universidad Politecnica de Madrid; Okologisk Landsforening; Lantmannen Ekonomisk Forening; Kenya Forestry Research Institute; International Centre for Agricultural Research in the Dry Areas; Canaan Center for Organic Research and Extension; Westfaelische Wilhelms-Universitaet Muenster; Fertiprado sementes e nutrientes, Lda

Data de início do projeto: 02-01-2017
Data de fim do projeto: 31-12-2021

Fonte de financiamento : H 2020
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

Um aumento de 60% na produção agrícola é necessário em 2050 para alimentar a população global. Os rápidos aumentos no rendimento das colheitas alcançados após 1950, através de avanços na criação de culturas, e na minimização de consumos agrícolas começam a estabilizar. Ao mesmo tempo, há pressão sobre os agricultores para produzir alimentos de forma sustentável, com menos consumos, devido à diminuição da disponibilidade de produtos para o controlo eficaz de pragas e doenças e para minimizar os danos ambientais.Isso representa um desafio significativo para maximizar a produtividade e reduzir as perdas, criando uma necessidade urgente de aumentar a eficiência e a sustentabilidade da agricultura na Europa e no mundo. Não existe uma solução única para este desafio. Novos sistemas devem ser criados para os agricultores aumentarem a eficiência e reduzirem a poluição. Para isso os criadores precisam de novos conhecimentos e ferramentas para desenvolverem culturas adequadas e os agrónomos precisam de especificações para gerir eficazmente estes sistemas de cultivo. fonte: https://www.plant-teams.eu/the-problem.

Descritores: melhoramento genético; Milho; Tomate


Objetivos visados:

Centrando-se em sistemas de terras aráveis e pastagens, os objetivos são:

1) determinar os mecanismos que promovem interações positivas planta-planta e planta-ambiente usando princípios ecológicos para definir experimentalmente os processos subjacentes;

2) conceber conjuntos de plantas melhoradas e identificar potenciais alvos de reprodução com uma abordagem baseada em características específicas uma nova ferramenta para selecionar tipos de culturas e estratégias de implantação que promovam o seu desempenho;

3) colaborar com as partes interessadas nas regiões pedo climáticas europeias para validar e demonstrar os novos conjuntos de plantas e elaborar protocolos de gestão de culturas.



Pontos de situação / Resultados:

Em curso.