Inovação para a Agricultura

pten
Rede Rural Nacional - Página do FacebookRede Rural Nacional - Página do TwitterRede Rural Nacional - Página do InstagramRede Rural Nacional - Canal do Youtube

 

                                        Rede Rural Nacional       PDR 2020       Portugal 2020       FEADR

S1.png
S2.png
S3.png
S5.png
S6.png
S7.png
S8.png
S9.png
S10.png
S11.png
S12.png
S13.png
S14.png
S16.png
previous arrow
next arrow

Projetos Rede Rural Nacional

milkEE - Promoção da utilização eficiente de recursos e bioeconomia das explorações leiteiras

Entidade líder do projeto: CONFAGRI - CONFEDERAÇÃO NACIONAL DAS COOPERATIVAS AGRÍCOLAS E DO CRÉDITO AGRÍCOLA DE PORTUGAL
Responsável pelo projeto: Domingos Godinho
Site do projeto: https://www.confagri.pt/temas/milkee/
Parceiros:

ISQ - Instituto de Soldadura e Qualidade; UTAD - Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro; AGROS - União de Cooperativas de Produtores de Leite; Lacticoop - União de Cooperativas de entre Douro e Mondego; PROLEITE - Cooperativa Agricola de Produtores de Leite

Breve descrição:

Os produtores de leite e respetivas cooperativas, tal como a maioria das empresas que estão no mercado, sentem a pressão constante para se manterem competitivas, reduzindo os seus custos. Estando muitas vezes a discussão concentrada na perspetiva do preço pago por litro de leite, a perspetiva do projeto Milkee  é de focar na questão do custo de produção, que é algo em que o produtor pode actuar diariamente, ao contrário do que acontece com o preço. O projecto pretende focar principalmente nos custos relacionados com o consumo de energia e de água na exploração. Ultrapassar esta barreira inicial será fundamental, e deverá ser realizada através da caracterização dos sistemas relacionados com os consumos de energia e de água de forma a mostrar claramente aos produtores o peso que tem o consumo destes recursos nos seus custos, para depois sensibilizar e formar relativamente a ações a adotar para a sua redução.  O projecto irá ainda analisar a valorização de efluentes pecuários das explorações leiteiras em áreas florestais. A escassez de recursos, o abastecimento instável de matérias-primas e a degradação do ambiente com repercussões nas alterações climáticas e a perda de valor dos produtos têm colocado em evidência os limites do atual modelo económico. Neste contexto, o modelo de Economia Circular (EC), abrangendo os princípios da bioeconomia, tem ocupado um espaço crescente nas políticas europeias e nacionais sendo encarado com um meio alternativo de prosseguir o caminho de prosperidade, reduzindo ao mesmo tempo o consumo e dependência de materiais primários, energia e água. No âmbito do projecto serão desenvolvidas várias iniciativas, nomeadamente auditorias energéticas e de uso de água em explorações que se pretende sejam representativas do conjunto das explorações leiteiras, sendo posteriormente desenvolvidas recomendações que serão divulgadas por técnicos e agricultores para melhoria da eficiência. O projecto prevê ainda o desenvolvimento de uma ferramenta de autodiagnóstico da eficiência energética e hídrica das explorações, podendo esta ser utilizada por qualquer produtor de leite ou por quem o apoie tecnicamente. Esta aplicação produzirá recomendações adaptadas a cada exploração em concreto, e permitirá a realização de um a análise de benchmarking comparando a exploração em análise com valores médios das restantes explorações. Além disso será avaliado o uso que é feito dos efluentes bovinos nas áreas florestais complementares das explorações leiteiras, sendo também produzidas recomendações para melhorar e incrementar o uso destes subprodutos na fertilização das áreas florestais, estando previstas a realização de 2 acções práticas de demonstração de aplicação de efluentes em áreas florestais. Os resultados do projecto serão disseminados nos canais de comunicação dos membros do consórcio, e em eventos especialmente organizados para o efeito.

Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

Eficiência energética e hídrica em explorações leiteiras. Gestão de efluentes das explorações e valorização agrícola e florestal.

Objetivos visados:

O presente projeto tem como objetivo geral mobilizar as explorações leiteiras para a adoção de um modelo económico mais sustentável, com base na utilização eficiente de recursos ( agua e energia) e a promoção da bioeconomia através da valorização de subprodutos, procurando estabelecer as para a realização de projetos setoriais de dimensão acrescida, promovendo a economia circular.

Sumário do plano de ação:

O plano de ação visou atingir os seguintes objetivos específicos:

  1. Criar e desenvolver conhecimento para este setor específico no domínio da utilização eficiente de recursos através da realização de um diagnóstico atual no setor leiteiro.
  2. Tipificar boas práticas para a utilização de efluentes de bovinicultura leiteira na floresta promovendo a bioeconomia do setor através da valorização de resíduos e desperdícios.
  3. Criação de ferramenta de apoio e criação de benchmarks, acessível a todos as explorações leiteiras e que permita um diagnóstico da sua situação atual face às temáticas do projeto e comparação da sua performance com outros produtores similares.
  4. Capitalizar informação de projetos e transferir boas práticas na utilização eficiente de recursos e valorização de subprodutos, para o setor do leite e setor florestal.
  5. Criação de dossier de boas práticas de referência para a utilização eficiente de recursos e promoção da bioeconomia das explorações leiteiras.
  6. Sensibilizar os produtores de leite e as cooperativas demonstrando os benefícios da bioeconomia e da utilização eficiente de recursos para o aumento da competitividade do setor.
Pontos de situação / Resultados:
  • Depois de selecionadas de acordo com critérios definidos no projeto foram feitas auditorias energéticas, hídricas e à gestão e valorização que é feita dos efluentes a 3 explorações leiteiras.
  • Foi feito o balanço das áreas disponíveis para a valorização agrícola do efluente das explorações leiteiras por concelho na bacia leiteira.
  • Foi produzido um manual de boas práticas para a Manual de boas práticas para a utilização eficiente de energia, agua e valorização agrícola de efluentes (https://www.confagri.pt/content/uploads/2019/12/Manual_Boas_Praticas_Milkee.pdf) e a aplicação milkee de autodiagnóstico para explorações leiteiras que pode ser utilizada por produtores ou por técnicos (http://www.milkee.pt/).
  • Foram produzidos folhetos de divulgação de resultados de projeto:  

- (https://www.confagri.pt/content/uploads/2019/09/MillkEE_desdobravel_ferramenta_diagnostico.pdf); 

- (https://www.confagri.pt/content/uploads/2019/09/MilkEE_desdobravel_eficiencia_hidrica.pdf);

- (https://www.confagri.pt/content/uploads/2019/09/MilkEE_desdobravel_eficiencia_energetica.pdf ).

  • Foram realizadas 2 sessões para técnicos que apoiam as explorações leiteiras e 3 sessões para produtores de leite.
  • Não foi possível por razões meteorológicas durante o período de valorização do efluente ter feito os 2 workshops de demonstração de aplicação do efluente em floresta, no entanto este foram programados, mas tiveram de ser cancelados.
  • O projeto  foi considerado COGECA (european ago-cooperatives) como um exemplo de como as cooperativas contribuem para  os objetivos de desenvolvimento sustentável propostos pela ONU (ODS), na publicação “seventeen reasons to coop”, estando disponível online (https://17reasons2coop.eu/) e impressa em papel.