Inovação para a Agricultura

FacebookTwitterGoogle BookmarksRSS Feed
PT EN
  • S7
  • S6
  • S5
  • S3
  • Inovação na Agricultura
  • S2
  • S12
  • S13
  • S11
  • S14
  • S8

Projetos Rede Rural Nacional

Pesquisar projectos

AgroInov – Inovação em Espaço Rural

Entidade líder do projeto: COTHN-CC
Responsável pelo projeto: Maria do Carmo Martins
Site do projeto: https://agroinov.webnode.pt/
Parceiros:

ISA – Instituto Superior de Agronomia; IPS/ESA - Instituto Politécnico de Santarém / Escola Superior Agrária; IPCB / ESA - Instituto Politécnico de Castelo Branco/ Escola Superior Agrária; Agrotejo – UNIÃO AGRÍCOLA DO NORTE DO VALE DO TEJO

Breve descrição:
  • Atualizar Conhecimento das necessidades de inovação:
    • Criar de fóruns através de um Conselho Estratégico para definir prioridades de I&I 
    • Realizar fóruns, reuniões presenciais / vídeo-conferência e inquéritos par apuramento das necessidades de investigação e identificar os constrangimentos à adopção da inovação nos espaços rurais
    • Elaborar e divulgar amplamente a Agenda Única e Estratégica de I&I
  • Capitalizar informação e resultados de projetos:
    • Criar e divulgar catálogo de projectos em diversas áreas temáticas
    • Elaborar bases de dados e biblioteca on-line para sistematizar e disponibilizar a informação de forma normalizada e em linguagem acessível 
    • Realizar de ações de divulgação, demonstração para partilha de resultados de projectos tendo por base os de maior potencial de aplicabilidade
  • Transferir conhecimento técnico ao sector e criação de redes entre parceiros: 
    • Produzir e disponibilizar informação técnica: contas de cultura (fichas / brochuras) 
    • Traduzir conhecimento em informação - simplificar e produzir informação em formato acessível tendo por base conhecimento criado em ESCTN (parceiros desta candidatura) através da edição e ampla divulgação de material técnico 
    • Realizar workshops, encontros e colóquios temáticos (projetos e redes da EIP-AGRI
  • Valorizar  a inovação / incorporar na atividade
    • Sistematizar e divulgar boas práticas no âmbito da promoção da Biodiversidade contribuindo para a conservação e dinamização das zonas rurais, tendo por base casos concretos (parceria com a Agrotejo)
    • Realizar Roteiro de inovação – mostra de projectos com elevado potencial de inovação. Em 2019 procurar trazer para o Roteiro já alguns resultados de Grupos operacionais, (permitindo fazer uma primeira avaliação da implementação desta medida do PDR2020)
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

Incorporação da inovação com vista a tornar a agricultura, o agroalimentar, as florestas e as zonas rurais mais produtivas mas de modo sustentável.

Objetivos visados:

Potenciar os resultados da investigação e inovação, ajudando a divulgar os mesmos e contribuir para a adotação de práticas que aumentam a competitividade da produção agro-florestal e simultaneamente salvaguardado a biodiversidade tão característica dos sistemas de produção nacionais. Pretende-se, igualmente, alavancar redes de trabalho entre a produção e as ESCTN, de forma que a investigação e inovação vá ao encontro das necessidades da produção com elevada qualidade e sustentabilidade

Sumário do plano de ação:
  • Actualização das necessidades e constrangimentos da inovação do sector através da realização de um inquérito abrangente, materializado na agenda única estratégica de i&D.
  • Realização de sessões de trabalho e workshop´s para apresentação alargada da agenda única estratégica de i&D; 
  • Compilação de informação e resultados de projetos no sector hortofrutícola ( na área da produção e do agro-alimentar) através da produção de catálogo em formato de brochura e  digital (biblioteca on-line) que será divulgado em ambiente web no site do COTHN;   
  • Transferência de conhecimento técnico ao setor através da realização de workshops e reuniões temáticas entre os diversos agentes e as entidades que detêm conhecimento passível de ser aplicado, da produção e divulgação de publicações técnicas cujos conteúdos serão desenvolvidos pelas Entidades parceiras desta candidatura, em formato papel ou digital sobre diversas temáticas, nomeadamente questões fitossanitárias de fruteiras e de culturas hortícolas, práticas culturais orientadas para o uso eficiente dos recursos naturais na produção e novos produtos.   
  • Estabelecimento de redes entre parceiros, particularmente através da criação de sessões de trabalho e videoconferências com entidades nacionais e internacionais que dispõe de inovação que poderá ser aplicada à realidade nacional contribuindo para o desenvolvimento rural;
  • Valorização da inovação através da realização de um Roteiro de Inovação anual, com elaboração de catálogo, exposição das inovações, criação de grupos focais específicos que permitiriam a divulgação e com o testemunho das entidades que incorporaram as inovações na sua atividade (presencial ou em vídeo).
  • Demonstração de práticas que promovam a biodiversidade na produção agrícola em espaços rurais com elevada qualidade ambiental, através de dias abertos em explorações de referência nesta área.
Pontos de situação / Resultados:

Os resultados encontram-se disponiveis no site do projeto (https://agroinov.webnode.pt/)