Inovação para a Agricultura

pten
Rede Rural Nacional - Página do FacebookRede Rural Nacional - Página do TwitterRede Rural Nacional - Página do InstagramRede Rural Nacional - Canal do Youtube

 

                                        Rede Rural Nacional       PDR 2020       Portugal 2020       FEADR

S1.png
S2.png
S3.png
S5.png
S6.png
S7.png
S8.png
S9.png
S10.png
S11.png
S12.png
S13.png
S14.png
S16.png
previous arrow
next arrow

 Projetos de Bioeconomia

Pesquisar projectos

Vine & Wine Residues

Entidade líder do projeto: REQUIMTE – Departamento de Química e Bioquímica da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto
Responsável pelo projeto: Joana Oliveira
Parceiros:

Universidade de Aveiro, Universidade Nova de Lisboa, empresas vitivinícolas

Breve descrição:

O principal objetivo deste projeto é a conceção de produtos alimentares com valor acrescentado (alimentos funcionais), a partir da recuperação de compostos polifenólicos com elevado valor biológico de resíduos agroalimentares da indústria da vinha e do vinho, levando à criação de um plano alternativo de gestão para estes resíduos produzidos em elevadas quantidades em Portugal.O principal objetivo deste projeto é a conceção de produtos alimentares com valor acrescentado (alimentos funcionais), a partir da recuperação de compostos polifenólicos com elevado valor biológico de resíduos agroalimentares da indústria da vinha e do vinho, levando à criação de um plano alternativo de gestão para estes resíduos produzidos em elevadas quantidades em Portugal.O principal objetivo deste projeto é a conceção de produtos alimentares com valor acrescentado (alimentos funcionais), a partir da recuperação de compostos polifenólicos com elevado valor biológico de resíduos agroalimentares da indústria da vinha e do vinho, levando à criação de um plano alternativo de gestão para estes resíduos produzidos em elevadas quantidades em Portugal.O principal objetivo deste projeto é a conceção de produtos alimentares com valor acrescentado (alimentos funcionais), a partir da recuperação de compostos polifenólicos com elevado valor biológico de resíduos agroalimentares da indústria da vinha e do vinho, levando à criação de um plano alternativo de gestão para estes resíduos produzidos em elevadas quantidades em Portugal.No entanto, a aplicação direta destes compostos em matrizes alimentares exige o desenvolvimento de uma metodologia de estabilização devido à falta de estabilidade e solubilidade destes compostos nessas matrizes. Com base nisto, esta proposta inclui estratégias originais para estabilizar diferentes polifenóis obtidos dos agro-resíduos selecionados ou quimicamente transformados, usando a lenhina (composto polifenólico polimérico) que também será isolada do mesmo resíduo industrial como fonte de bio-polímero de revestimento.
Do ponto de vista científico, este projeto pretende contribuir para o “know-how” na área da estabilização de compostos polifenólicos usando diferentes materiais de encapsulação (lenhina, proteínas, polissacáridos, surfactantes e fosfolípidos) para serem usados em matrizes alimentares. 
Em termos tecnológicos, pretende-se que este projeto leve à conceção de novos produtos com propriedades benéficas para a saúde baseados em polifenóis obtidos a partir de diferentes agro-resíduos e a criação de um plano alternativo para a sua gestão em termos ambientais e económicos. Este projeto pode ainda levar ao “up-scale” industrial do processo de síntese de pigmentos naturais derivados das antocianinas que apresentam uma cor azul e que se pretende que sejam usados na indústria alimentar como corantes em alternativa às moléculas sintéticas. 
Este projeto está delineado com o objetivo de fortalecer as ligações entre a investigação académica e o desenvolvimento de aplicações tecnológicas industriais. Desta forma, as colaborações com o prof. Doutor Artur Silva da Universidade de Aveiro e com o prof. Doutor Fernando Pina da Universidade Nova de Lisboa, assim como com as empresas vitivinícolas serão fundamentais para o sucesso deste projeto.