Inovação para a Agricultura

pten
Rede Rural Nacional - Página do FacebookRede Rural Nacional - Página do TwitterRede Rural Nacional - Página do InstagramRede Rural Nacional - Canal do Youtube

 

                                        Rede Rural Nacional       PDR 2020       Portugal 2020       FEADR

S1.png
S2.png
S3.png
S5.png
S6.png
S7.png
S8.png
S9.png
S10.png
S11.png
S12.png
S13.png
S14.png
S16.png
previous arrow
next arrow

 Projetos de Bioeconomia

Pesquisar projectos

Enfardar Naturalmente – Transição para uma Agricultura Ecológica

Entidade líder do projeto: AEPGA - Associação para o Estudo e Proteção do Gado Asinino
Responsável pelo projeto: AEPGA - Associação para o Estudo e Proteção do Gado Asinino
Site do projeto: https://www.transicaoagriculturaecologica.aepga.pt/pt/
Parceiros:

Palombar - Conservação da Natureza e do Património Rural

Breve descrição:

Projeto apoiado pelo Fundo Ambiental, no âmbito da Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020 – Produção e consumo sustentáveis.

O objetivo principal deste projeto é o desenvolvimento de uma campanha de sensibilização ambiental que promova a substituição do fio agrícola de polipropileno pelo fio de sisal, fibra totalmente natural, dirigida a agricultores e demais intervenientes no processo de aquisição de material agrícola.

O projeto visa os seguintes objetivos específicos:

  1. Sensibilizar os atores do território – vendedores e agricultores que recorrem ao fio agrícola para enfardamento – para a iminência da redução do consumo de plástico, com exemplos concretos do seu impacto a nível local e global, por forma a incentivar e despertar para uma visão da natureza mais consciente;
  2. Realizar ações que demonstrem que a alternativa – uma fibra natural e biodegradável – é um material capaz de desempenhar a mesma função com contrapartidas ambientais positivas, a nível regional e nacional;
  3. Contribuir para alterar a perceção destes atores face à preservação da natureza, em que, substituindo apenas o fio na sua produção de cereal, têm a oportunidade de ser um exemplo de boas práticas na agricultura;
  4. Sensibilizar a comunidade escolar para a problemática dos plásticos na agricultura;
  5. Contribuir para a prossecução das metas estabelecidas para Portugal no âmbito da redução de plásticos na UE.

Este projeto responde a obrigações estabelecidas por Portugal em diversos instrumentos legais e aos objetivos dispostos no presente aviso e demais programas, em matéria do uso de plásticos. Com efeito, na atualidade, o fio agrícola de polipropileno deve ser considerado um plástico de uso único, visto que o mesmo não pode ser reciclado. Neste sentido, este projeto que visa sensibilizar os intervenientes no processo de compra do fio agrícola para a sua substituição pelo fio de sisal (fibra natural, totalmente biodegradável) vai de encontro:

  • Às regulamentações da Diretiva (UE) 2019/904 sobre os plásticos de uso único;
  • Eixo Temático da ENEA “Tornar a Economia Circular – Conceção de Produtos e uso eficiente dos recursos” – apoiando a transição da utilização de um material baseado num recurso limitado e poluente, para um produto natural;