Inovação para a Agricultura

FacebookTwitterGoogle BookmarksRSS Feed
PT EN
  • S6
  • S11
  • S3
  • S7
  • S12
  • S5
  • S13
  • S2
  • S14
  • Inovação na Agricultura
  • S8

Projetos Alterações Climáticas - RIAAC-AGRI (PDR2020 - Assistência técnica RRN - Área 4)

Pesquisar projectos

Área plano de acção

Fonte de financiamento

LEGSEEDCOAT - Revestimento de sementes de leguminosas com microrganismos benéficos para aumento da produtividade e resiliência a alterações climáticas

Entidade líder do projeto: Centro de Ecologia Funcional, Universidade de Coimbra
Responsável pelo projeto: Rui Sérgio Viana Sodré de Oliveira
Parceiros:

Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Data de início do projeto: 01-01-2016
Data de fim do projeto: 31-12-2020

Fonte de financiamento : PT 2020, FCT
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

O feijão-frade [Vigna unguiculata. (L.) Walp.] é uma importante leguminosa cultivada principalmente e, zonas semi-áridas. A sua produção é inibida por stresses abióticos e bióticos. O uso de microorganismos promotores do crescimento de plantas (PGPM) e micorriza arbuscular (FMA) pode beneficiar a produção agrícola, pois pode melhorar a fertilidade do solo e a tolerância das plantas a stresses ambientais, aumentando assim o rendimento das culturas em ecossistemas de forma ecológica e sustentável.

Descritores: feijão-frade; fertilidade do solo; stress


Objetivos visados:

Não há tecnologia viável para a aplicação simultânea de PGPB e AMF em agricultura de larga escala. Assim, o uso de revestimento de sementes pode ser um mecanismo eficiente para a colocação de inóculos nos solos.

Os objetivos deste estudo foram:

1) uso de tecnologia de revestimento de sementes para fornecer o PGPM;

2) avaliar os efeitos da inoculação microbiana na biomassa e nas características fisiológicas do feijão frade;

3) determinar a capacidade de colonização de PGPB e AMF.

Cinco tratamentos foram estabelecidos: controle negativo, controle com material de revestimento, PGPB, AMF via recobrimento de sementes, PGPB + AMF via recobrimento de sementes.

Nos tratamentos de revestimento de sementes, as sementes de feijão-frade foram revestidas com sucesso com o inóculo de AMF.



Pontos de situação / Resultados:

Os resultados mostraram que os inoculantes de AMF eram viáveis após o revestimento das sementes, enquanto que os PGPB foram eficientes para aumentar a biomassa das plantas e a colonização de AMF. O uso de PGPM aplicado via revestimento de sementes poderá contribuir para alcançar a produção sustentável de feijão-frade.