Inovação para a Agricultura

FacebookTwitterGoogle BookmarksRSS Feed
PT EN
  • S6
  • S7
  • S13
  • S2
  • S5
  • S3
  • S8
  • S12
  • S14
  • Inovação na Agricultura
  • S11

Projetos Alterações Climáticas - RIAAC-AGRI (PDR2020 - Assistência técnica RRN - Área 4)

Pesquisar projectos

Área plano de acção

Fonte de financiamento

PANDORA - Potencial impacto das alterações climáticas em doenças de Eucalyptus spp. causadas por Botryosphaeriaceae em Portugal

Entidade líder do projeto: Centro de Estudos do Ambiente e do Mar, Universidade de Aveiro
Responsável pelo projeto: Artur Jorge Da Costa Peixoto Alves
Parceiros:

Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P.; NOVA.ID.FCT - Associação para a Inovação e Desenvolvimento da FCT

Data de início do projeto: 01-01-2013
Data de fim do projeto: 31-12-2015

Fonte de financiamento : PT 2020, FCT
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

O eucaliptal é uma dos sistemas florestais mais importantes, cobrindo uma área global de aproximadamente 20 milhões de hectares. O Eucalyptus globulus, ocupa cerca de 800 000 ha em Portugal. Sabe-se que a seca e os agentes patogénicos afetam o estabelecimento e a produtividade das plantações de eucalipto em todo o mundo.

Descritores: Floresta; Eucalipto, stress hídrico


Objetivos visados:

Este projeto teve como objetivo avaliar o papel do stress hídrico, incluindo tanto o papel da predisposição à seca, na interação de E. globulus com N. eucalyptorum, avaliando a infeção e o desempenho fisiológico das plantas.



Pontos de situação / Resultados:

Os resultados indicam que plantas sob stress foram mais suscetíveis ao patogénico de N. eucalyptorum que as não que não foram sujeitas a stress. No entanto, esta resposta foi particularmente relevante quando as plantas foram inoculadas enquanto da limitação da água.

Além disso, plantas mais resistentes foram ligeiramente mais capazes de combate a infeção fúngica do que as menos resistentes. Este estudo reforça a importância de explorar a interação entre a seca e a doença no Eucalyptus e as respostas fisiológicas subjacentes envolvidas no desempenho da planta.