Inovação para a Agricultura

pten
Rede Rural Nacional - Página do FacebookRede Rural Nacional - Página do TwitterRede Rural Nacional - Página do InstagramRede Rural Nacional - Canal do Youtube

 

                                        Rede Rural Nacional       PDR 2020       Portugal 2020       FEADR

S1.png
S2.png
S3.png
S5.png
S6.png
S7.png
S8.png
S9.png
S10.png
S11.png
S12.png
S13.png
S14.png
S16.png
previous arrow
next arrow

Projetos Alterações Climáticas - RIAAC-AGRI (PDR2020 - Assistência técnica RRN - Área 4)

Pesquisar projectos

Área plano de acção

Fonte de financiamento

SADRI - Modelos e Sistemas de Apoio a Decisão para lidar com Risco e Incerteza no planeamento da gestão florestal

Entidade líder do projeto: Centro de Estudos Florestais, Institudo Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa
Responsável pelo projeto: Jordi Gonzalo
Site do projeto: http://www.isa.ulisboa.pt/cef/public/sadri/
Parceiros:

Universidade de Évora;  Fundação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa

Data de início do projeto: 01-01-2013
Data de fim do projeto: 31-12-2015

Fonte de financiamento : FCT
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

Mudanças demográficas, socioeconómicas e climáticas impactarão fortemente as florestas. A competição por recursos florestais é propensa a aumentar num contexto de mudança global (por exemplo, mudanças climáticas, preços, preferências das partes interessadas). Essas tendências apontam para a urgência de desenvolver novas ferramentas que possam abordar o risco e a incerteza, para analisar os trade-offs entre os objetivos e, assim, tentar resolver múltiplos problemas objetivos de recursos naturais sob a mudança global.

Descritores: Floresta; gestão; Alterações Climáticas


Objetivos visados:

O projeto focou-se em interações florestais e mudanças climáticas, incluindo o desenvolvimento de ferramentas adaptativas de gestão florestal. O objetivo deste projeto foi desenvolver métodos cientificamente sólidos que pudessem ser usados pela administração pública, proprietários de florestas não industriais, indústrias e organizações não-governamentais para maior integração de estratégias adaptativas no planeamento e gestão florestal de múltiplos objetivos.



Pontos de situação / Resultados:

(1)  O potencial de fornecimento de madeira diminuiu de 2,35 para 2,19 milhões de m3, o valor da terra desvalorizou de 81,1 para 74,7 milhões de euros e o total de carbono diminuiu de 228 para 212 toneladas.

(2) Sistemas de Apoio à Decisão (DSS) desenvolvidos no projeto, apoiam a tomada de decisão na gestão florestal do eucalipto e pode ser aplicado para avaliação de risco de pragas de fogo, etc).