Inovação para a Agricultura

FacebookTwitterGoogle BookmarksRSS Feed
PT EN
  • S12
  • S5
  • S14
  • S3
  • S11
  • S13
  • S6
  • S2
  • S7
  • Inovação na Agricultura
  • S8

Projetos Alterações Climáticas - RIAAC-AGRI (PDR2020 - Assistência técnica RRN - Área 4)

Pesquisar projectos

Área plano de acção

Fonte de financiamento

SOLIBAM - Estratégias para reprodução e gestão integrada orgânica e de baixo consumo

Entidade líder do projeto: Institut National de la Recherche Agronomique
Responsável pelo projeto: Véronique Chable
Site do projeto: http://www.solibam.eu/SOLIBAM/home.html
Parceiros:

Agricultural Research Institute of the Hungarian Academy of Sciences; Associazione Italiana Per L Agricoltura Biologica(AIAB); Progressive Farming Trust LTD LBG; Danmarks Tekniske Universitet; Institut Technique de L Agriculture Biologique; Technische Universitaet Muenchen; Instituto De Tecnologia Quimica E Biologica - Universidade Nova De Lisboa; Agencia Estatal Consejo Superior De investigaciones Cientificas; Escola Superior Agraria De Coimbra; Magyar Tudomanyos Akademia Agrartudomanyi Kutatokozpont; Scuola Superiore Di Studi Universitari E Di Perfezionamento Sant'anna; Universita Degli Studi Di Perugia; Eidgenoessisches Departement Fuer Wirtschaft, Bildung Und Forschung; Kobenhavns Universitet; Inra Transfert S.A.; Saatzucht Donau Gesmbh & Cokg; Gautier Semences Sas; Agrovegetal S.A.; Arcoiris Srl; International Centre For Agricultural Research In The Dry Areas; Coordination Nationale Des Organisations Paysannes Du Mali; Association; Mekelle University; Universita Di Pisa

Data de início do projeto: 01-01-2010
Data de fim do projeto: 31-12-2014

Fonte de financiamento : 7th FRAMEWORK PROGRAMME
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

Com base na hipótese de “diversidade ”, a SOLIBAM projetou e testou estratégias inovadoras para desenvolver abordagens de criação específicas e inovadoras, integradas com práticas de gestão para melhorar o desempenho, qualidade, sustentabilidade e estabilidade de culturas adaptadas a sistemas orgânicos e de baixo consumo. Uma característica fundamental destas abordagens agrícolas é uma ampla gama de variabilidade dentro do sistema agrícola, combinada com uma ampla gama de variações ambientais. Ter uma escolha de plantas e práticas adaptadas é o único meio de construir um sistema de agricultura sustentável que se caracteriza por uma complexidade de interações.

Descritores: melhoramento genético; Cereais; Milho


Objetivos visados:

O SOLIBAM irá:

(1) Identificar características específicas para adaptação a condições de baixo consumo para diferentes condições agroclimáticas na Europa;

(2) Desenvolver fenotipagem, genotipagem e ferramentas moleculares eficientes para monitorizar a variação hereditária durante a seleção;

(3) Desenvolver o uso da diversidade dentro da cultura para estabilizar a produção e a qualidade em face da variação atual e crescente na agricultura biológica e de baixo consumo;

(4) Conceber, desenvolver e testar sistemas inovadores de culturas arvenses e hortícolas baseados na integração de um elevado nível de diversificação na gestão de culturas com o uso de populações ou variedades geneticamente diversas;

(5) Comparar a efetividade de diferentes estratégias de melhoramento em agricultura biológica convencional, de baixo consumo e certificada, para estabelecer estratégias ótimas para a produção de variedades adequadas para agricultura.



Pontos de situação / Resultados:

Após avaliar as necessidades e o estado atual do melhoramento e gestão da agricultura biológica e de baixo consumo, os parceiros do projeto realizaram a fenotipagem e a genotipagem de várias populações de plantas. Após avaliar as necessidades e o estado atual do melhoramento e gestão da agricultura biológica e de baixo consumo, os parceiros do projeto realizaram a fenotipagem e a genotipagem de várias populações de plantas. O projeto também criou populações diversificadas de brócolos, tomate, fava, milho e cereais. Além disso, realizaram um grande número de ensaios na França, Itália, Portugal e Reino Unido, que combinaram várias estratégias de melhoramento de plantas e de gestão das culturas.

Além disso, vários casos de estudo foram realizados para destacar as inovações existentes. Manuais para disseminação de conceitos e métodos do SOLIBAM também foram produzidos. O SOLIBAM desenvolveu uma série de inovações agroecologias. Estes incluem novas abordagens para o melhoramento e desenvolvimento de plantas que consideram a diversidade e qualidade, desempenho e estabilidade, co reprodução para consignação.