Inovação para a Agricultura

FacebookTwitterGoogle BookmarksRSS Feed
PT EN
  • S2
  • S3
  • S14
  • S12
  • S13
  • S6
  • S8
  • S7
  • S11
  • S5
  • Inovação na Agricultura

Projetos Alterações Climáticas - RIAAC-AGRI (PDR2020 - Assistência técnica RRN - Área 4)

Pesquisar projectos

Área plano de acção

Fonte de financiamento

MYCORED - Novas estratégias integradas para redução mundial de micotoxinas nas fileiras de alimentos e rações

Entidade líder do projeto: Consiglio Nazionale Delle Ricerche
Responsável pelo projeto: Angelo Visconti
Site do projeto: http://www.mycored.eu/
Parceiros:

Cranfield University; Universitaet Fuer Bodenkultur Wien; Danmarks Tekniske Universitet; Max Rubner Institut Bundesforschungsinstitut Fur Ernahrung Und Lebensmittel; Stichting Wageningen Research; Universita Cattolica del Sacro Cuore; Cereal Research Non-Profit Company; Institut National de la Recherche Agronomique; Rijksinstituut Voor Volksgezondheid En Milieu; Turkiye Bilimsel Ve Teknolojik Arastirma Kurumu; A.N. Bakh Institute Of Biochemistry Of The Russian; National Research Center; International Institute Of Tropical Agriculture; Centro Internacional de Mejoramiento de Maiz y Trigo Int; Universidad Nacional de Rio Cuarto; Universidad De Lleida; Romer Labs Diagnostic Gmbh; Bio-Ferm, Biotechnologische Entwicklung Und Produktion Gmbh; Matrix Srl; Fundacio Privada International Treenut; Federation Europeenne Des Fabricants D'additifs Pour La Nutrition Animale; South African Medical Research Council; Universita Degli Studi Di Roma La Sapienza; Universita Degli Studi Di Napoli Federico II; Romer Labs Division Holding Gmbh

Data de início do projeto: 01-01-2009
Data de fim do projeto: 31-12-2013

Fonte de financiamento : 7th FRAMEWORK PROGRAMME
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

A contaminação por toxinas na fileira mundial de alimentos e rações é um grande desafio para melhorar a saúde humana e animal. Estas toxinas são perigos para a saúde que podem contaminar uma grande variedade de culturas e também são fontes primárias de perdas de rendimento e aumento dos custos de gestão em todo o mundo. O risco de micotoxicidade é difícil de avaliar, pois as micotoxinas são contaminantes naturais e a via de regulação é um dos principais sistemas para limitar a exposição a micotoxinas. Um quarto das culturas alimentares do mundo, incluindo muitos alimentos básicos, está potencialmente contaminado por fungos produtores de micotoxinas.

Descritores: micotoxinas; Milho


Objetivos visados:

A MYCORED visa desenvolver soluções estratégicas para reduzir a contaminação por micotoxinas, que são a principal preocupação em cadeias de alimentos e rações economicamente importantes. As seguintes toxinas s são especialmente consideradas no projeto: aflatoxinas, tricotecenos, zearalenona, fumonisinas em alimentos de trigo / milho e cadeias alimentares; ocratoxina A nas cadeias de vinho e trigo; e aflatoxinas na cadeia de frutas secas.

Novas metodologias, procedimentos eficientes de manuseamento e informação, disseminação e estratégias educacionais são consideradas em um contexto de integração multidisciplinar de know-how e tecnologia para reduzir a exposição a micotoxinas em todo o mundo.



Pontos de situação / Resultados:

O MYCORED identificou novas cultivares com resistência a infeções fúngicas. O uso otimizado de fungicidas, a modelação e um sistema de apoio à decisão ajudaram a reduzir a contaminação pré-colheita.O MYCORED identificou novas cultivares com resistência a infeções fúngicas. O uso otimizado de fungicidas, a modelação e um sistema de apoio à decisão ajudaram a reduzir a contaminação pré-colheita.Os cientistas também criaram uma base-de-dados para o desenvolvimento de modelos preditivos de doenças em trigo, milho e uva.

A modelação da contaminação por micotoxinas em trigo, milho e avelãs inoculadas ajudou a determinar as perdas pela rejeição de alimentos contaminados.Uso de ozono permitiu inibir a germinação de esporos de alguns fungos, impedindo a produção de micotoxinas completamente em alguns casos. Vários aditivos de baixo custo também reduziram drasticamente a produção de micotoxinas. 

O MYCORED desenvolveu e testou um sistema de sensores sem fio para monitorizar temperatura, dióxido de carbono e humidade em silos de grãos. Além disso, os kits de testes rápidos com multi-toxinas foram desenvolvidos e validados como uma maneira bem-sucedida de identificar um grande número de micotoxinas in situ.