Inovação para a Agricultura

FacebookTwitterGoogle BookmarksRSS Feed
PT EN
  • Inovação na Agricultura
  • S11
  • S7
  • S3
  • S13
  • S2
  • S12
  • S8
  • S6
  • S5
  • S14

Projetos Alterações Climáticas - RIAAC-AGRI (PDR2020 - Assistência técnica RRN - Área 4)

Pesquisar projectos

Área plano de acção

Fonte de financiamento

ANIMALCHANGE - Integração de opções de Mitigação e Adaptação para Produção Pecuária Sustentável num clima em mudança

Entidade líder do projeto: Institut National de la Recherche Agronomique
Responsável pelo projeto: Mireille Lalande
Site do projeto: http://www.animalchange.eu/
Parceiros:

Aarhus Universitet; TEAGASC- Agriculture and Food Development Authority; Universidad Politecnica de Madrid; Aberystwyth University; Stichting Wageningen Research; Szent Istvan University; Centre de Cooperation Internationale en Recherche Agronomique pPour Le developpement - C.I.R.A.D. Epic; Eidgenoessisches Departement Fuer Wirtschaft, Bildung Und Forschung; Sruc; Commissariat A L Energie Atomique Et Aux Energies Alternatives; Internationales Institut Fuer Angewandte Systemanalyse; Inra Transfert S.A.; Provimi Holding Bv; Fertiprado sementes e nutrientes, Lda; Universidade Federal Do Rio Grande Do Sul; Empresa Brasileira De Pesquisa Agropecuaria Embrapa; Institut National De La Recherche Agronomique De Tunisie; Institut Senegalais De Recherches Agricoles; University Of Pretoria; International Livestock Research Institute; Agresearch Limited; Federazione Europea Di Zootecnica; Food And Agriculture Organization Of The United Nations; Jrc -Joint Research Centre- European Commission

Data de início do projeto: 01-01-2011
Data de fim do projeto: 31-12-2015

Fonte de financiamento : 7th FRAMEWORK PROGRAMME
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

O ANIMALCHANGE fornecerá orientação científica sobre a integração dos objetivos de adaptação e mitigação e desenhará rotas de desenvolvimento sustentável para a produção animal na Europa, na África Setentrional e Subsaariana e na América Latina. O ANIMALCHANGE informará sobre o desenvolvimento de políticas públicas na UE27 e proporá programas de cooperação que abordem a pecuária de pequenos proprietários em países em desenvolvimento selecionados. A principal linha de investigação do projeto é uma série de modelos biofísicos e socioeconómicos combinados com ensaios experimentais. 

Descritores: Gases com efeito de estufa; Alterações Climáticas; Pecuária; adaptação


Objetivos visados:

O ANIMALCHANGE irá:

(1) Quantificar e reduzir as incertezas nas emissões de gases de efeito estufa (GEE) e avaliar os impactos das alterações climáticas nos sistemas pecuários (incluindo pastagens);

(2) Rever estimativas do balanço de Gases com efeito de Estufa dos sistemas pecuários e integrar o sequestro de carbono no solo;

(3) Integrar a variabilidade e os extremos climáticos na avaliação dos impactos, adaptação e vulnerabilidade dos sistemas pecuários às alterações climáticas;

(4) Desenvolver tecnologias revolucionárias para adaptação e mitigação às alterações climáticas para ruminantes e monogástricos;

(5) Estudar e quantificar trade-offs e sinergias entre opções de adaptação e mitigação;

(6) Avaliar os potenciais custos e benefícios para a sociedade e setoriais dessas opções para o setor pecuário na Europa e nas regiões de estudo da África e da América Latina.



Pontos de situação / Resultados:

Os parceiros testaram os modelos e descobertas da ANIMALCHANGE em 24 explorações agrícolas com casos de estudo na Europa, bem como no Quénia e em vários países da América do Sul. Todos os resultados foram agrupados em vários relatórios que podem informar as decisões políticas na área de adaptação e mitigação. Todos os resultados foram agrupados em vários relatórios que podem informar as decisões políticas na área de adaptação e mitigação.A equipa identificou os cenários mais sustentáveis em termos de produção pecuária, desmatamento e produtividade económica para desenvolvimento futuro. O projeto também trabalhou para reduzir as incertezas nas emissões de gases de efeito estufa da produção pecuária em diferentes regiões. Os resultados do ANIMALCHANGE ajudarão a produção pecuária europeia a adaptar-se aos desafios colocados pelas alterações climáticas e também apoiarão a mitigação das emissões dos sistemas pecuários europeus. Um dos principais impactos do projeto será um público melhor informado e o apoio à perceção científica do papel dos sistemas pecuários nas mudanças climáticas.