Inovação para a Agricultura

FacebookTwitterGoogle BookmarksRSS Feed
PT EN
  • S2
  • S12
  • S13
  • S8
  • S3
  • S6
  • S5
  • S14
  • S11
  • S7
  • Inovação na Agricultura

Projetos Alterações Climáticas - RIAAC-AGRI (PDR2020 - Assistência técnica RRN - Área 4)

Pesquisar projectos

Área plano de acção

Fonte de financiamento

WEAM4I - Gestão Avançada de Água e Energia para a rega

Entidade líder do projeto: Meteosim SL
Responsável pelo projeto: Paula Corneli
Site do projeto: http://weam4i.eu/
Parceiros:

Grupo Hispatec Informatica Empresarial SA; Aquagri - Assistencia Técnica e Consultoria ACE; Federacion Nacional de Comunidades de Regantes; Fenareg - Federacao Nacional de Regantes de Portugal; Instituto Valenciano de Investigaciones Agrarias; Adasa Sistemas, S.A.U., Espanha; Waterwatch Bv, Landwirtschaftskammer Niedersachsen; Lgrain Gmbh Bewasserungstechnik; Unite Technique du Semide Geie; Inergia Grupo Engineering & Architecture Sl; Eclareon Gmbh; Comunidad General De Regantes Del Canal De Bardenas; Hydrologic Research Bv; Von Der Ohe Karsten; Zim Plant Technology Gmbh; Agencia Estatal Consejo Superior De Investigaciones Cientificas; Creara Consultores Sl

Data de início do projeto: 01-01-2013
Data de fim do projeto: 31-12-2017

Fonte de financiamento : 7th FRAMEWORK PROGRAMME
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

O projeto WEAM4i foi concebido como uma iniciativa para ajudar as comunidades de regadio e os utilizadores finais a otimizar a utilização dos recursos. A realização dessa ideia dependia da integração bem-sucedida do nexo de água e energia numa solução que combinava novas tecnologias, procura e oferta de serviços. Para provar a replicabilidade de tal solução, o consórcio foi construído tendo em mente três áreas de demonstração distintas, nomeadamente Espanha, Portugal e Alemanha. Cada uma dessas áreas tinha mercados de água e energia distintos, abordagens técnicas e aspetos socioeconómicos que foram tratados no mesmo nível de importância em pacotes de trabalho específicos dentro do projeto.

Descritores: Regadio


Objetivos visados:

O conceito principal a ser desenvolvido no WEAM4i é a gestão do lado da procura de água de acordo com a oferta de energia disponível. Em consonância com isso, os principais objetivos do projeto foram:

(1) Desenvolver uma rede inteligente inovadora de água e energia para rega;

(2) Demonstrar técnicas inovadoras para a eficiência dos recursos a nível local: para economizar água, para melhorar a relação m3 / kwh e para a minimização do custo operacional das infraestruturas de abastecimento de água;

(3) Desenvolver uma abordagem de integração inovadora: uma plataforma de TIC / cloud baseada em uma arquitetura orientada a serviços (SOA).



Pontos de situação / Resultados:

No primeiro período de relatório e para o campo experimental alemão, o consórcio desenvolveu uma solução para programar um sistema de energia solar alternativo para poder regar à noite. As mudanças de pressão de turgescência foram medidas através de uma sonda inovadora. Além disso, a mesma sonda foi introduzida em pequenas áreas de teste em Valência, na Espanha.

A demonstração da sonda de pressão de turgescência foi um dos principais resultados do projeto no WP3. Além disso, a utilidade das tendências do teor de água no solo, medida com sensores de capacitância para a programação da rega, foi demonstrada em Portugal.

A tecnologia desenvolvida permitiu economias energéticas de 20% na Alemanha e 16% em Espanha.

No segundo período de relatório, por um lado, o consórcio desenvolveu um algoritmo para interpretar as tendências do conteúdo de água no solo para programar a rega. As ferramentas desenvolvidas permitiram uma fácil visualização e interpretação das tendências temporais do conteúdo de água no solo em diferentes profundidades. A medição das necessidades de água das culturas obtidas pelas sondas forneceu cerca de 10-20% de economia em aplicações de água. No final do projeto, o sensor foi testado em culturas de dióspiros, citrinos, milho e batata sob diferentes condições ambientais.

Vantagens e limitações para o uso dessas tecnologias foram identificadas e algoritmos para a interpretação dos outputs dos sensores foram obtidos.