Inovação para a Agricultura

FacebookTwitterGoogle BookmarksRSS Feed
PT EN
  • S11
  • S5
  • S14
  • S3
  • S6
  • S8
  • Inovação na Agricultura
  • S7
  • S12
  • S13
  • S2

Projetos Alterações Climáticas - RIAAC-AGRI (PDR2020 - Assistência técnica RRN - Área 4)

Pesquisar projectos

Área plano de acção

Fonte de financiamento

TRITICEAEGENOME - Melhoria genética de Triticeae

Entidade líder do projeto: nstitut National de la Recherche Agronomique
Responsável pelo projeto: François Chambelin
Site do projeto: https://cordis.europa.eu/result/rcn/196167_en.html
Parceiros:

Leibniz - Institut Fuer Pflanzengenetik und Kulturpflanzenforschung; Ustav Experimentalni Botaniky AV CR; Helmholtz Zentrum Muenchen Deutsches Forschungszentrum Fuer Gesundheit Und Umwelt Gmbh; Universita Degli Studi di Milano; University of Haifa, Israel; Maa Ja Elintarviketalouden Tutkimuskeskus; Scottish Crop Research Institute; Sabanci Universitesi; National Institute of Agricultural Botany, Reino Unido; John Innes Centre; Universitat Zurich; INRA Transfert S.A; Biogemma; Kws Lochow Gmbh; Associazione Istituto Di Genomica Applicata; Alma Mater Studiorum - Universita Di Bologna

Data de início do projeto: 01-01-2008
Data de fim do projeto: 31-12-2012

Fonte de financiamento : 7th FRAMEWORK PROGRAMME
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

Vários fatores, como a mudança climática global, o aumento da pressão populacional, o aumento do consumo de alimentos e combustíveis, a salinização e a seca de longo prazo nas principais regiões produtoras de trigo são desafios que tem de ser abordados. A capacidade de responder e enfrentar esses desafios é de grande preocupação política em nível internacional. Na Europa, uma resposta abrangente está sendo planeada através do desenvolvimento de uma bioeconomia baseada no conhecimento que visa garantir o abastecimento global de alimentos de uma maneira ambientalmente sustentável. O trigo (87 Mt vs 64 nos EUA) e a cevada (42 Mt vs 12Mt no Canadá) são as culturas de cereais mais importantes cultivadas na Europa e a Europa tem uma longa história de reprodução e melhoramento destas espécies essenciais.No entanto, as variedades Triticeae existentes e os atuais métodos de reprodução não permitirão os avanços necessários para evoluções relevantes no rendimento, qualidade e eficiência de conversão de biomassa necessários para garantir a competitividade e independência da agricultura europeia. menos eficiente das espécies Triticeae (cevada, trigo e centeio), apesar do elevado valor destas culturas.

Descritores: Alterações Climáticas; Cereais; cevada; trigo; centeio; melhoramento genético; rotação de culturas.


Objetivos visados:

O TriticeaeGenome foi concebido para alcançar progressos significativos no conhecimento da genética do trigo e cevada e apoiar a criação eficiente de variedades melhoradas para a agricultura europeia:

- Construindo mapas físicos dos cromossomas 1 e 3 do trigo e da cevada que transportam um grande número de importantes características agronómicas ( por exemplo, resistência a doenças, rendimento e qualidade);

- Isolamento de genes e QTLs subjacentes à resistência a doenças, rendimento e características de qualidade em trigo e cevada;

- Identificação e exploração de novos alelos para os genes isolados através do uso de populações naturais e mutantes bem como germoplasma silvestre o desenvolvimento de novas variedades que satisfaçam as necessidades dos agricultores e consumidores através da reprodução molecular;

- Desenvolvimento de novas ferramentas de bioinformática para estruturar, relacionar e analisar de forma abrangente os dados genéticos em grande escala reunidos no projeto.



Pontos de situação / Resultados:

O projeto mapeou os cromossomas 1 e 3, particularmente importantes para resistência a doenças, produção e qualidade nas Triticeae. Especialmente relevante para rendimento, qualidade e deterioração da cevada e do trigo, a equipa mapeou dois loci e três locos de características quantitativas para resistência a doenças fúngicas, características de rendimento e qualidade usando os mapas já produzidos.

Os produtores estão cada vez mais interessados no trigo de inverno com o seu rendimento e potencial de produtividade, bem como a adequação para a adaptação às rotações das culturas. Os investigadores criaram um novo painel de 376 variedades de trigo de inverno na Alemanha, França e Reino Unido para maximizar a diversidade de germoplasma. Análises de associação genética ampla foram realizadas para a data de início, rendimento de grãos e altura das plantas, juntamente com suas respetivas localizações.