Inovação para a Agricultura

pten
Rede Rural Nacional - Página do FacebookRede Rural Nacional - Página do TwitterRede Rural Nacional - Página do InstagramRede Rural Nacional - Canal do Youtube
  • S14
  • S13
  • S7
  • S11
  • S6
  • S12
  • S3
  • Inovação na Agricultura
  • S2
  • S5
  • S8

ESMERALDA - Melhorar as condições de ecossistemas. Aplicação de políticas e tomadas de decisão


Fonte de financiamento : H 2020
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

O mapeamento e avaliação dos ecossistemas e seus serviços (ES) são fundamentais para a Estratégia da UE para a Biodiversidade (BD). Estes são essenciais se quisermos tomar decisões informadas. Esta Acão estabelece o requisito de uma base de conhecimentos à escala da UE, concebida para ser: uma fonte primária de dados para o desenvolvimento da infraestrutura ecológica da Europa; recurso para identificar áreas para restauração de ecossistemas; e, uma linha de base contra a qual a meta de "nenhuma perda líquida de BD e ES" pode ser avaliada.

Descritores: call; linha de investigação


Objetivos visados:

O ESMERALDA pretende criar uma metodologia flexível para fornecer os pilares para avaliações pan-europeias e regionais. O trabalho garantirá a entrega atempada aos Estados membros da UE em relação à Ação 5 da Estratégia BD, apoiando as necessidades de avaliações em relação aos requisitos de planeamento, agricultura, clima, água e política da natureza. Esta metodologia basear-se-á nos projetos e bases de dados de EC existentes (por exemplo, MAES, OpenNESS, OPERAs, estudos nacionais), na Avaliação do Milénio (MA) e no TEEB.  O ESMERALDA identificará as partes interessadas relevantes e fará o balanço dos seus requisitos a nível da UE, nacional e regional. O objetivo da ESMERALDA é partilhar experiências através de um processo ativo de diálogo e co-criação de conhecimento que permitirá aos participantes alcançar os objetivos da Ação 5.



Pontos de situação / Resultados:

Em curso.

BiodivERsA3 - Consolidar o Espaço Europeu da Investigação sobre biodiversidade e serviços ecossistémicos


Fonte de financiamento : H 2020
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

A perda de biodiversidade e a degradação dos ecossistemas comprometem a prestação sustentável de serviços ecossistémicos e são grandes desafios científicos e sociais. Enfrentar este desafio e fornecer apoio científico às partes interessadas e formuladores de políticas requer uma estrutura de investigação interdisciplinar coerente, com estratégias e programas coordenados a níveis nacional, regional e internacional, que são as escalas relevantes para muitas questões de biodiversidade.

Com base nas experiências anteriores dos projetos BiodivERsA1 & 2 e NetBiome, BiodivERsA3 este projeto promoverá e apoiará a investigação coordenada em toda a Europa sobre biodiversidade e serviços ecossistémicos. Fortalecerá a coordenação de programas de investigação e investigação com o objetivo final de fornecer aos formuladores de políticas e outras partes interessadas o conhecimento adequado, ferramentas e soluções práticas para abordar a biodiversidade e a degradação dos ecossistemas.

Descritores: Biodiversidade; ecossistema;


Objetivos visados:

Os objetivos são:

(1) Aumentar a capacidade da rede para coordenar programas de investigação sobre biodiversidade e serviços ecossistémicos na Europa e aumentar a dimensão internacional das atividades do BiodivERsA;

(2) Desenvolver uma visão estratégica e plurianual das prioridades da rede, com base em mapeamento ambicioso e atividades prospetivas desenvolvidas em colaboração com as principais iniciativas de campo;

(3) Conceber e implementar um convite cofinanciado e outros convites conjuntos para uma melhor integração da investigação em biodiversidade e serviços ecossistémicos em toda a Europa;

(4) Desenvolver uma série de outras atividades conjuntas, em particular o alinhamento de programas nacionais de investigação para biodiversidade e serviços ecossistémicos, e atividades para promover a mobilidade e a igualdade de oportunidades para investigadores e reforçar a partilha de dados.



Pontos de situação / Resultados:

Em curso.

VISCA - Aplicação: Vineyards, integração inteligente do clima


Fonte de financiamento : H 2020
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

As uvas são especialmente ameaçadas pela alteração climática, uma vez que diferenças subtis no microclima impactam diretamente no amadurecimento, aumento dos níveis de acidez, maior vulnerabilidade a pragas e doenças, etc., resultando em mudanças no vinho, nomeadamente, qualidade e propriedades. A indústria do vinho precisa, portanto, de adotar medidas de adaptação, e o planeamento de adaptação a longo prazo proporcionará aos produtores uma vantagem significativa que permitirá competir com os concorrentes não europeus. 

Descritores: Vinha; Alterações Climáticas; Adaptação


Objetivos visados:

O principal objetivo do VISCA é tornar as indústrias vitivinícolas do Sul da Europa resilientes às alterações climáticas, minimizando custos e riscos através de uma melhoria da gestão da produção (qualidade e quantidade do produto final). Este objetivo será alcançado com a integração de dados climáticos, modelos fenológicos, modelos de rega e requisitos dos utilizadores finais num Sistema de Apoio à Decisão (SAD) concebido em conjunto com produtores de vinho de Espanha, Itália e Portugal.

O VISCA fornecerá decisões bem fundamentadas de aspetos específicos do planeamento (por exemplo, extração de brotos, colheita, desfolhamento, necessidades mínimas de água) e sugerirá ações preventivas contra eventos extremos e mapas de adequação de longo prazo.



Pontos de situação / Resultados:

Em curso.

ERA4CS - Espaço Europeu da Investigação para os Serviços Climáticos


Fonte de financiamento : H 2020
Identificação do problema ou oportunidade que se propõe abordar:

No âmbito do Espaço Europeu da Investigação (EEI), o Consórcio ERA4CS pretende impulsionar a investigação para os Serviços Climáticos (CS), incluindo adaptação às alterações climáticas, mitigação e gestão dos riscos de catástrofes, permitindo às regiões, cidades e principais sectores económicos desenvolver oportunidades e reforçar a liderança europeia. Os CS são impulsionados pelas procura dos utilizadores de serviços e conhecimento para enfrentar os impactos da variabilidade e mudança do clima, bem como orientação para investigadores e tomadores de decisão em políticas e negócios.

Descritores: Alterações climáticas, Mitigação;


Objetivos visados:

O ERA4CS visa o desenvolvimento de uma "ponte" que permita ligar a comunidade e a ciência desenvolvida no sector da climatologia. Este objetivo implica o desenvolvimento de ferramentas, métodos, padrões e controlo de qualidade para obter informações confiáveis, qualificadas e adaptadas, requeridas pelos diversos stakeholders.



Pontos de situação / Resultados:

Em curso.

Consultar a Agenda de eventos


Agenda
de Eventos

Consultar o Grupo de Trabalho Inovação


Grupo de 
Trabalho Inovação

Consultar a Folha Informativa RRN- Inovação


Folha Informativa
RRN- Inovação

Consultar a Bolsa de Iniciativas


Bolsa de Iniciativas

Centro de recursos


Centro de Recursos