Inovação para a Agricultura

FacebookTwitterGoogle BookmarksRSS Feed
PT EN
  • S5
  • S3
  • S14
  • S6
  • S2
  • S8
  • S11
  • S13
  • S12
  • S7
  • Inovação na Agricultura

 Projetos de Bioeconomia

Pesquisar projectos

Fonte de financiamento

ValorMais: Criação de valor com os subprodutos agrícolas, agroalimentares e florestais

Entidade líder do projeto: CENTRO NACIONAL DE COMPETENCIAS DOS FRUTOS SECOS - ASSOCIAÇÃO CNCFS;
Responsável pelo projeto: Ana Santos
Site do projeto: https://valormais.cncfs.pt/
Parceiros:

Forestis - Associação Florestal de Portugal;Centro de Competências para o Tomate Industria; Instituto Politécnico de Bragança; Associação BLC3 - Campus de Tecnologia e Inovação; APPITAD – Associação de Produtores em Proteção Integrada de Trás-os-Montes e Alto Douro

Breve descrição:

A presente operação visa constituir uma plataforma para a valorização dos subprodutos do setor agrícola, agroalimentar e florestal, através da inovação. De forma mais pormenorizada, os objetivos específicos da presente operação são os seguintes:

i) Identificar e catalogar bons exemplos de aproveitamento e valorização de subprodutos a nível nacional e internacional, com resultados claros ao nível económico, que sejam capazes de criar um efeito mobilizador no setor agrícola, agroalimentar e florestal e estudar a sua aplicabilidade no território nacional;

ii) Avaliar a disponibilidade e qualidade dos subprodutos gerados na fileira dos frutos secos, azeite, floresta e do tomate industria, junto dos membros da Rede Rural Nacional (RRN) desta forma será possível capitalizar esta informação e torna-la mais acessível e funcional;

iii) Caracterizar os subprodutos do setor agrícola, agroalimentar e florestal, identificar possíveis novas aplicações e formas de valorização, contribuindo desta forma para as orientações para uma “Europa de recursos eficientes”;

iv) Identificar membros da Rede Rural Nacional (RRN) que possam incorporar valor nos subprodutos e possíveis programas para financiar as inovações tecnológicas, facilitando o aproveitamento e valorização dos subprodutos e potenciando o crescimento económico nos diferentes setores;

v) Produzir informação técnica/científica e sua divulgação junto dos beneficiários. Prevê-se a produção de fichas técnicas, boletins informativos, manual de boas práticas, direcionados para um público diferenciado. Pretende-se aportar mais conhecimento ao setor, deixando-o mais preparado e capaz de incorporar a inovação nas suas atividades;

vi) Dinamizar sessões de transferência de tecnologia (dias abertos, jornadas, seminários e simpósios), que alertem para novas formas de valorizar os subprodutos agrícolas, agroalimentares e florestais e para os programas do PDR 2020. Estes eventos permitem a troca de experiências/ideias favorecendo a capacidade de inovar e investir;

vii) Promover a incorporação de subprodutos no setor agrícola, agroalimentar e florestal, através duma ferramenta em ambiente web, que facilite o encontro entre produtores de subprodutos e utilizadores dos mesmos;

viii) Avaliar a contribuição da operação no aparecimento de novas iniciativas no âmbito da valorização dos subprodutos do setor agrícola, agroalimentar e florestal.

Este projeto foi destacado pela Rede Europeia de Desenvolvimento Rural no âmbito da Bioeconomia e a respetiva ficha poderá ser consultada aqui.