Inovação para a Agricultura

FacebookTwitterGoogle BookmarksRSS Feed
PT EN
  • S13
  • S8
  • S7
  • S6
  • S11
  • S14
  • S5
  • Inovação na Agricultura
  • S2
  • S12
  • S3

 Projetos de Bioeconomia

Pesquisar projectos

STUMP4PULP - Novo sistema de exploração de cepos de eucalipto como matéria-prima para pasta de papel

Entidade líder do projeto: Altri Florestal, S.A.
Responsável pelo projeto: Altri Florestal, S.A.
Parceiros:

Celtejo e a Fravizel

Breve descrição:

A Altri Florestal, a Celtejo e a Fravizel, atentas as suas características técnico-científicas, pretendem realizar um projeto de I&D para criação de um novo sistema, radicalmente disruptivo na exploração florestal a nível global, que potencie a exploração da madeira dos cepos de eucalipto enquanto matéria-prima para a produção de pasta de papel, de modo a dirimir o deficit atual de madeira de eucalipto com consequências relevantes na perda de competitividade da indústria.

Assim, os consortes, através de um plano estruturado de atividades de I&D, pretendem:

(i) criar um novo produto florestal, totalmente inovador a nível mundial, que permita o aproveitamento de cepos, cavacos e estilha,

(ii) desenvolver dois equipamentos protótipos para arranque e tratamento da matéria-prima atualmente não aproveitada e

(iii) conceber um sistema de avaliação do impacto do novo processo na qualidade do solo.

Deste modo, o Projeto representa uma evolução face ao atual estado da arte, dado que irá permitir (i) a transformação do cepo em cavacos no terreno (inovação de processo, inexistente no mercado), (ii) a melhoria da taxa de aproveitamento do volume explorado de cepos para 80% (face aos 60% que representam o atual estado da arte), (ii) a incorporação de estilha de cepos na produção de pasta (inovação de produto, não existente atualmente qualquer solução no mercado), assim como (iv) a criação de dois equipamentos protótipos para corte, processamento e limpeza do produto (inovação de processo e expetativa de submissão de um pedido de patente).

Por último, saliente-se ainda que o Projeto vai ao encontro das políticas definidas pela União Europeia para o setor agroflorestal, as quais apostam fortemente no conceito de economia circular, dado que, o aproveitamento dos cepos para produção de pasta de papel acompanha a transição para uma eficiência de recursos que redireciona o foco para a reutilização, reparação, renovação e reciclagem dos materiais e produtos existentes.